agora eu sei o que quero enxergar
esse colorido não devia mais me enganar
porque a cor deforma
quando a luz vem a brilhar
e assim seu olho começo a decifrar

dai-me outra cor
que não seja a do seu olhar
dai-me outro amor
que venha pra me perpetuar
dai-me outra cor
que não tenha o que eu quero enxergar
dai-me uma dor
que sirva para eu acordar
dai-me outra cor, dai-me um amor, dai-me uma dor

pelas esquinas que eu andei
nenhuma delas te encontrar
mas eu tou sempre por aqui
quando quiser, é só chamar
andando reto, sem destino
vivendo sempre do passado
não quero mais me desmentir
eu não vou mais te procurar

acordei com saudade… de novo.

Anuncios